Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Direitos Humanos

Prefeitura realiza Noite da Consciência Negra

Evento que será realizado nesta quarta-feira (20/11), no Setor Central, celebrará o Dia da Consciência Negra, com música, palestra e poesia

Publicado em: 19 de novembro de 2019 às 15:28 | última atualização: 19 de novembro de 2019 às 15:55

A Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA), celebrará o Dia da Consciência Negra com um grande evento no Centro da capital, nesta quarta-feira (20/11). A programação tem início às 18 horas, com música, poesia e palestra. Além das apresentações de rapers da cena local, como Luz Negra e Mano BL, o evento contará com show de um dos pioneiros do rap no Distrito Federal, GOG.

De acordo com o secretário municipal Direitos Humanos, Filemon Pereira, o Dia da Consciência Negra é importante porque hoje, mesmo depois de tanto tempo de libertação, os negros ainda precisam lutar para ter os mesmos direitos que os brancos. "Precisamos nos lembrar da força deles para a nossa história e continuar trabalhando para a sua inserção na sociedade brasileira. Nossas políticas públicas aqui em Goiânia estão ativas e presentes para apoiar todas as ações neste sentido", afirmou.

Consciência Negra
O Dia Nacional da Consciência Negra é celebrado em 20 de novembro. A data foi criada em 2003, sendo incluída no calendário escolar de todo o Brasil, mas apenas em 2011, através da lei n°12.519, foi oficializada em todo país, sem obrigatoriedade de feriado.

O dia faz referência à morte de Zumbi dos Palmares, um dos maiores líderes do movimento negro brasileiro, que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravista. A importância da data está no reconhecimento da participação dos afro-descendentes na constituição e construção da sociedade brasileira.
O Dia da Consciência Negra traz a importante reflexão a respeito de racismo, igualdade social, inclusão do negro na sociedade, religiões e cultura de matrizes africanas, dentre outros temas que serão debatidos no evento.

Serviço
Assunto: Dia da Consciência Negra
Dia: 20/11(Quarta-feira)
Horário: 18 horas
Local: Rua 3 com Avenida Tocantins, Centro

Nicole Mendes, estagiária na editoria de Direitos Humanos e Políticas afirmativas