Ouça a notícia aqui

A Prefeitura de Goiânia realizou 151 ações em faixas de pedestres na capital durante o Maio Amarelo. Com o tema “Respeito e Responsabilidade, Pratique o Trânsito”, a campanha da Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM) focou na conscientização de motoristas e pedestres e na humanização das estatísticas de acidentes em busca de um trânsito mais seguro.

“Focamos na faixa de pedestre não semaforizada, na implementação do maior número de faixas, motobox, além da discussão de corredores coletivos e recuperação da malha cicloviária que iremos iniciar”, destacou o secretário municipal da Mobilidade, Horácio Mello. Ele lembrou que o Maio Amarelo chama a atenção para as causas das mortes no trânsito.

A Gerente de Fiscalização de Trânsito da SMM, Mariuza Francisca, afirma que 210 agentes estiveram envolvidos no trabalho. “Nossas ações foram focadas na orientação sobre a importância da faixa de pedestres, que é o lugar mais seguro que o pedestre tem para atravessar a via. Nossas equipes sempre trabalham no sentido da educação e conscientização no trânsito, mas esse mês foi enfatizado ainda mais pela campanha”, explica.

O gerente de Educação para o Trânsito, Horácio Ferreira, afirma que devido a pandemia da Covid-19, as redes sociais foram uma grande aliada. “As ações ficaram mais concentradas no campo virtual”, afirma. “O resultado da campanha foi positivo, tivemos todo envolvimento da Secretaria dentro do processo, não só da Gerência de Educação no Trânsito, e isso consolidou um resultado amplo e positivo”. Segundo ele, a campanha de respeito à faixa de pedestre persistirá durante todo o ano.

As ações contaram ainda com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura que realizaram intervenções culturais em diversos locais.

Josiane Coutinho, da Diretoria de Mobilidade

maio amarelo

prefeitura de goiânia

transito