Estamos migrando o conteúdo dos antigos sites da Prefeitura. Se não encontrar o que está procurando, CLIQUE AQUI e acesse o site antigo.

VOLTAR para o site antigo.

BETA i

Coronavírus

Prefeitura e Estado farão testes em massa na capital

Parceria se soma com os mais de 270 mil testes adquiridos pela Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, que já começam a ser realizados na próxima semana

Publicado em: 23 de julho de 2020 às 08:35 | última atualização: 23 de julho de 2020 às 08:38

A Prefeitura de Goiânia e o Governo de Goiás fecharam mais uma parceria no combate ao novo coronavírus. Na tarde ontem, quarta-feira, 22, foi lançado o aplicativo Dados do Bem. A nova ferramenta vai permitir a ampliação da testagem na capital e a promoção do rastreamento e do monitoramento de pessoas com suspeita ou diagnóstico confirmado da Covid-19.

 A secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, esteve na cerimônia representando o prefeito Iris Rezende. Durante seu discurso, a titular da SMS destacou a importância de mais uma ação no enfrentamento ao coronavírus. “Esse aplicativo é de extrema importância e vem somar aos 270 mil testes de PCR que adquirimos para testar pacientes sintomáticos nas unidades do município”, lembrou.

 De acordo com o secretário de Estado da Saúde (SES-GO), Ismael Alexandrino, a parceria dos municípios será fundamental para a eficácia do projeto. Ele lembrou que a capital será a primeira cidade a iniciar o rastreamento e o monitoramento. “Goiânia já começa hoje (quarta-feira, 22). Nós temos três unidades indicadas pela Prefeitura, mais o HCamp (Hospital de Campanha para Enfrentamento ao Coronavírus). Ou seja, quatro unidades”, informou o secretário.

 O aplicativo “Dados do Bem” foi desenvolvido pelo Instituto D’Or de Pesquisa e Ensino, em parceria com a Zoox Smart Data e cedido sem custos ao Estado. Além disso, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Rio de Janeiro, está doando os kits de coleta, com exames RT-PCR, a mesma ficará responsável pela testagem em massa. Os kits são considerados padrão ouro pela Organização Mundial de Saúde (OMS).

 Mais testes

Nesta semana, a Prefeitura de Goiânia anunciou a compra de 270 mil testes para detectar o novo coronavírus. Serão 100 mil testes de RT-PCR tradicional e 170 mil testes de RT-PCR rápido, tecnologia recém-chegada no Brasil que detecta o antígeno viral a partir da mucosa naso-orofaringe.

 Diego Reis, da Diretoria de Jornalismo

Foto: Edinan Ferreira - Comunicação setorial Secretaria Geral da Governadoria.