Diante da crise pandêmica da covid-19 e do cenário de recessão, muitas mulheres viram suas rendas caírem e até, em muitos casos, se encontram desempregadas. Pensando nesse contexto, a Prefeitura de Goiânia, por meio das secretarias da Mulher (SMPM) e da Assistência Social (Semas), e o Instituto Nacional IFOR oferecem cursos de qualificação profissional para  mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica.  

Intitulado Capacita 100, a ação tem como objetivo contribuir com a capacitação para o empreendedorismo doméstico e reinserção dessas mulheres no mercado de trabalho pós-pandemia. Serão ofertadas 100 vagas totalmente gratuitas em 10 modalidades de cursos em variadas áreas.

Para a titular da pasta, Ana Carolina Almeida, a iniciativa visa instruir e preparar estas mulheres de baixa renda. “Nossa missão é contribuir para que as alunas tenham qualificação e se sintam seguras e preparadas para ingressarem no mercado de trabalho pós-pandêmico”, afirma.

Como pré-requisitos, as interessadas devem tem mais de dezoito anos e morar em Goiânia. Para se inscrever, elas podem entrar em contato, das 8h às 13h, no telefone da Secretaria da Mulher: 3524-2934. As inscrições pela Semas serão feitas por meio dos Cras e Nas.

Os cursos ocorrerão do dia 31 de agosto ao dia 4 de setembro, das 8h às 18h, com carga horária de 8 horas aula. Seguindo todas as recomendações do Ministério da Saúde e medidas de higiene, os cursos serão realizados na sede do IFOR, situado na Avenida T-7, no Setor Oeste.

Cursos  oferecidos

·         Curso de Design de Sobrancelhas

·         Depilação Corporal

·         Capilar Básico e Cílios

·         Cutilagem

·         Maquiagem

·         Atendimento

·         Depilação

·         Design

·         Empreendedorismo

·         Marketing Digital

Lais Castilho, da editoria de Políticas para Mulheres